Campanha Nacional de Saúde Auditiva #NovembroLaranja


A audição, um dos cinco sentidos do corpo humano, refere-se ao ato de ouvir e interpretar os sons.

Um sistema auditivo íntegro é fundamental para uma melhor comunicação oral entre os indivíduos.

Diante da dificuldade de comunicação ocasionada pela perda auditiva, muitos tendem a isolar-se, diminuindo, assim, suas relações interpessoais.

A perda auditiva pode ser de diferentes tipos (condutiva, sensorioneural ou mista), conforme o local afetado e de diferentes graus (leve, moderado, severo ou profundo). Muitas são as causas, dentre elas: infecções, envelhecimento, uso de medicamentos ototóxicos e exposição a níveis elevados de ruído.

Trabalhadores expostos a ruído no ambiente de trabalho podem apresentar queixas que vão além dos sintomas auditivos, como dores de cabeça, alterações no sono e irritabilidade. Por isso, o uso de medidas protetivas, como o Equipamento de Proteção Individual (EPI) e o acompanhamento se fazem tão necessários.

A prevenção é um importante instrumento na promoção da saúde auditiva. Identificar e diagnosticar precocemente ajuda a minimizar as consequências da perda auditiva. Sendo assim, quanto mais cedo ocorrer a intervenção melhor será a qualidade de vida.

Por: Raquel Faleiros Vendramini

Fonoaudióloga da AMPAI

CRFa: 2-7115 SP

0 comentário