Repercussão da fiscalização do governo - e-Social

O governo tem demonstrado claramente que estamos numa NOVA ERA denominada a ERA ESOCIAL e que está muito bem preparado no que diz respeito à Fiscalizações e autuações eletrônicas e presenciais.

Somente em 2018 no Estado de São Paulo foram realizadas 30.863 fiscalizações em SST

Vejam as ementas TOP 14 mais fiscalizadas em 2018:

• 1º colocado: 1764 casos

Deixar de garantir a elaboração e efetiva implementação do Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional (PCMSO)

• 2º colocação: 1661 casos

Deixar de submeter o trabalhador à exame médico admissional

• 3º colocado: 1603 casos

Deixar de instalar sistemas de segurança em zonas de perigo de máquinas e ou equipamentos

• 4º colocado: 1590 casos

Deixar de elaborar e ou de implementar o Programa de Prevenção de Riscos Ambientais (PRRA)

• 5º colocado: 1400 casos

Deixar de submeter o trabalhador a exame médico periódico

• 6º colocado: 1074 casos

Deixar de fornecer aos empregados gratuitamente EPI adequado ao risco em perfeito estado de conservação e funcionamento

• 7º colocado: 1002 casos

Permitir que o trabalhador assuma suas atividades antes de ser submetido a avaliação clínica integrante do exame médico admissional

• 8º colocado: 884 casos

Deixar de instalar proteções fixas e ou móveis com dispositivos de intertravamento em transmissões de força e seus componentes móveis quando acessíveis ou expostos e ou adotar proteção de transmissões de força e seus componentes móveis que não impeça o acesso por todos os lados

• 9º colocado: 834 casos

Deixar de adotar medidas de prevenção de incêndios e ou adotar medidas de prevenção de incêndio em desacordo com a legislação estadual e ou normas técnicas aplicáveis

• 10º colocado: 804 casos

Deixar de realizar no exame médico ocupacional exames complementares de acordo como disposto na NR7

• 11º colocado: 788 casos

Deixar de exigir o uso de equipamentos de proteção individual

• 12º colocado: 717 casos

Deixar de identificar os riscos na etapa de reconhecimento de riscos do PPRA

• 13º colocado: 702 casos

Providenciar a emissão do atestado de Saúde Ocupacional sem o conteúdo mínimo previsto na NR7

• 14º colocado: 699 casos

Deixar de disponibilizar local apropriado para vestiário ou deixar de dotar o vestiário de armários individuais ou deixar de observar a separação de sexo do vestiário

Sede - Pinheiros

Rua Artur de Azevedo, 622

Jardim América - SP 

11 3064-7585

Unidade Sul - Shop. Interlagos

Avenida Interlagos, 2255

Interlagos - SP 

11 3471-9010  / 3471-9012

Unidade Leste - Shop. Aricanduva

Av. Aricanduva, 5555

Vila Matilde - SP 

11 3061-0910 / 3444-2321

Unidade Oeste - CEASA

Avenida Doutor Gastão Vidigal, 1946

Vila Leopoldina - SP 

11 3832-4049 / 3835-9576

  • LinkedIn da Ampai
  • Facebook da Ampai
  • Ampai no Instagram

AMPAI - Medicina e Segurança do Trabalho

ampai@ampai.com.br