O que muda com a nova diretriz sobre hipertensão

No início do mês de novembro, um assunto polêmico, a níveis normais da pressão arterial, ganhou novo capítulo.

O American College of Cardiology (ACC) e a American Heart Association (AHA) publicaram uma nova diretriz sobre hipertensão com uma nova definição que considerará hipertensão arterial estágio 1 a pressão arterial sistólica de 130 a 139 mmHg ou a diastólica de 80 a 89 mmHg.

Oficialmente, aprovada por 11 entidades, inclui novas recomendações sobre a definição de hipertensão, os limiares para o início do tratamento, e um novo alvo da PA.

Algumas sugestões com essa nova diretriz incluem:

  • Atenção maior na aferição da pressão arterial, ao longo de várias consultas, bem como fora do consultório

  • Um novo sistema de classificação da pressão arterial

  • Uma nova abordagem para a tomada de decisões para o tratamento que avalia os riscos cardiovasculares do paciente

  • Alvos mais baixos para a pressão arterial durante o tratamento da hipertensão arterial (talvez o mais polêmico)

  • Estratégias para melhorar o controle durante o tratamento, com