Dicas para diferenciar ansiedade e pânico de doenças cardiovasculares

Uma dúvida muito comum, será que é do coração ou da ansiedade? Será que é pânico?

Algumas dicas valiosas separamos aqui para você, leitor, saber diferenciar um pouco mais entre ansiedade e pânico de doenças cardíacas.

Principalmente quando pensamos em dor no peito (um dos sintomas da síndrome do pânico mais assustadores) e arritmias, são as queixas mais comuns de pessoas que sofrem de síndrome do pânico ou algum tipo de ansiedade. Isso porque podem estar associadas com problemas no coração, levando muitas pessoas a ficarem assustadas.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), 9,3% da população brasileira sofria de transtornos de ansiedade em 2015, o que faz do país o quarto em número de casos registrados até aquele ano, atrás de China, Índia e Estados Unidos.

A ansiedade acontece após algum tipo de estresse. O problema está quando ela aparece de forma exagerada, atrapalhando a qualidade de vida da pessoa.